close
Notícias

Palestras no SETRANS: O futuro do Brasil; As reformas em debate e as eleições de 2018 

abc_empresarial_logo

O SETRANS receberá dois jovens para palestras com os temas “O futuro do Brasil” e “As reformas em debate e as eleições de 2018”, no Programa Ação ABC Empresarial – Negócios e Debates no TRC – programado para o próximo dia 14 de agosto.

O empresário do setor de reciclagem de aço, Arthur Moledo do Val, falará sobre “O Futuro do Brasil”. Val estudou Engenharia Química na Escola de Engenharia de Mauá. Criador do canal “Mamãefalei”, que aborda temas polêmicos e mostra em campo as contradições do pensamento de quem milita contra as liberdades, ainda que sem notar.

Arthur Moledo do Val
 Arthur Moledo do Val, empresário

A palestra “As reformas em debate no Congresso e as eleições de 2018”  será apresentado por Kim Kataguiri, fundador e coordenador Movimento Brasil Livre. Kataguiri foi considerado um dos jovens mais influentes do mundo pela revista TIME em 2015, por seu ativismo em prol da liberdade política e econômica. Manteve coluna no jornal Folha de SP de 2016 a 2017. Atualmente escreve para o HuffPost Brasil e comenta o cenário político diariamente na Rádio ABC.

Kim Kataguiri
Kim Kataguiri, coordenador Movimento Brasil Livre

Parceiros

O Programa Ação ABC Empresarial tem o apoio e parceria das seguintes empresas: Petrobras; Man Latin America; Iveco; Sascar; SNS; Autotrac; DSS; Guia do Transportador e Mercedes-Benz.

Mais informações: administracao@setrans.com.br; telefone (11) 4330-4800.

Programação – 14 de agosto de 2017

Local: Sede do SETRANS

18h30 – Coquetel de boas-vindas

19h00 – Palestras

– Tema: O Futuro do Brasil

Palestrante: Arthur Moledo do Val

– Tema: As reformas em debate no Congresso e as eleições de 2018

Palestrante: Kim Kataguiri

20h30 – Jantar

Fonte: Imprensa SETRANS –  20/7/2017

read more
Notícias

Transporte por ferrovias cresce 29,5% entre 2006 e 2016, diz ANTT

no thumb

O volume de carga transportada por ferrovias cresceu 29,5% entre 2006 e 2016, segundo dados do Anuário do Setor Ferroviário, lançado nesta terça-feira, 18, pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT). “Com a desestatização, cresceu o volume e caiu o número de acidentes”, comentou o superintendente de Infraestrutura e Transporte de Ferroviário de Cargas da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), Alexandre Porto.

“Em contrapartida, a velocidade média se reduziu.” Essa redução se deve ao adensamento das cidades, que força à redução da velocidade das composições. Os processos de renovação de contratos em curso na ANTT vão estabelecer metas de aumento da velocidade, com a execução de obras para eliminar gargalos. No entanto, para não elevar demais a exigência de investimentos, nem todas as obras necessárias foram contempladas.

Fonte: Estadão Conteúdo – 18/7/2017

read more
1 2 3 205
Página 1 de 205