O índice ABCR referente a abril de 2022 apresentou queda de 0,2% no comparativo com março, considerando os dados dessazonalizados. O índice que mede o fluxo pedagiado de veículos nas estradas é construído pela Melhores Rodovias do Brasil – ABCR juntamente com a Tendências Consultoria Integrada. Mantida a comparação mensal dessazonalizada, o índice de fluxo pedagiado de veículos leves apresentou redução de 0,9%, e recuo de 0,1% nos pesados.

Nos últimos doze meses, o índice total acumula avanço de 10,8%, fruto do aumento de 13,2% dos veículos leves e 4,2% de pesados.

“Os resultados de abril representam certa acomodação após os resultados positivos dos últimos dois meses, considerando a série dessazonalizada”, comenta o analista de Macroeconomia e Política da Tendências Consultoria, Thiago Xavier. “Na comparação anual, os resultados são beneficiados pela base de comparação deprimida do último ano, principalmente para o segmento de leves, período em que vigoravam restrições de mobilidades para conter o avanço da Covid-19”, conclui.

Índice ABCR Brasil

Período LEVES PESADOS TOTAL
Abril/22 sobre Abril/21 30.4% 2.7% 22.2%
Abril/22 sobre Março/22 c/ ajuste sazonal -0.9% -0.1% -0.2%
Últimos doze meses 13.2% 4.2% 10.8%
Acumulado no ano (Jan-Abr/22 sobre Jan-Abr/21) 14.5% 1.7% 11.0%

Fonte: ABCR e Tendências